FÍSICA SEM EDUCAÇÃO

A única maneira de fazer o Brasil progredir é com educação, informação e caráter.

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Culpa dos Neutrinos





Depois dos neutrinos resolverem sair em disparada,  contradizer Albert Einstein, virou festa! Agora apareceu uma teoria vinda sei lá de onde contradizendo a Grande Teoria da Gravitação! Só faltava, não existir a gravidade...mas, calma gente, não é bem isso! Segundo a Teoria de Einstein corpos de grande massa distorcem o espaço-tempo, ou melhor, curvam o espaço-tempo. Detectamos, hoje em dia, através da lente gravitacional.


Jordi Casanellas e outros físicos da Universidade Técnica de Lisboa descobriram uma teoria proposta há mais de um século por um tal de Arthur Eddington que não está totalmente descartada e a culpa é de quem? Dos neutrinos e também das ondas acústicas solares. Vamos tentar entender um pouco dessa coisa toda.

Arthur Eddington foi quem “traduziu” a teoria da relatividade para que fosse compreendida em inglês, afinal de contas, Einstein era alemão. Em 1919 publicou o primeiro artigo sobre essa teoria, só que desta vez em inglês, o nome do arquivo era  Report on the relativity theory of gravitation para que a   Inglaterra conhecesse.

Adivinha quem é quem? Einstein e Eddington.


Ele comprova a teoria através da observação de um eclipse solar total, pois assim seria possível ver numa estrela próxima ao nosso Sol o que deveria  acontecer com a sua luz um pouco mais afastada, por causa da deformação do espaço-tempo sugerida por Einstein. Isso é meio confuso sim! É feito pelo ângulo de deflexão da luz.


Eddington não contradisse Einstein, pelo contrário, ele ajuda a confirmar a teoria. Na época houve um grande alvoroço e ninguém entendia direito a Teoria da Relatividade, somente três pessoas haviam entendido (como pode perceber não foi só você) e quando o repórter indagou Eddington a respeito, ele com bom humor, responde: E quem foi a terceira?

E tem outra historinha, todo mundo sabe que Einstein era uma “figura brincalhona" e quando perguntaram pra ele o que teria feito se sua teoria não tivesse sido confirmada por Eddington ele simplesmente responde: Eu diria que o bom Deus se enganou.

Até sua morte se concentrou na unificação das três teorias, Teoria de Tudo, a Relatividade, a Quântica e a Gravitação, coisas que até hoje estão tentando, esta parecendo a história do Teorema de Fermat  http://fisicasemeducacao.blogspot.com/2011/10/sabe-origem-matematica-do-donuts-e-uma.html e como foi difícil a confirmação!

video


Mas no caso de Eddington, sua teoria está baseada essencialmente em uma análise das relações adimensionais entre constantes fundamentais http://www.fisica.net/quantica/resumo_de_conceitos_da_mecanica_quantica.pdf (Essa a matemática explica).


Além dessa dificuldade de unificação das teorias ainda tem mais coisas que os físicos não conseguem encontrar uma solução, é a energia escura e o caso das singularidades, onde as leis da física não funcionam de jeito nenhum e tão enlouquecendo astrônomos, cosmólogos e os físicos em geral. Já pensou o que vai acontecer pro primeiro que conseguir isso? Vai ficar tão famoso quanto Albert Einstein, Você se habilita a tentar?







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será aprovado após lido, obrigada!